MJS Freelancer

MJS Freelancer

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Campos de Férias

  Hoje damos à estampa uma reportagem sobre as diversas iniciativas relacionadas com os campos de férias que surgiram na nossa ilha nos últimos tempos.
Iniciativas louváveis de quem as pensou e que em muito contribuíram para que os pais pudessem organizar os seus períodos de ferias de modo a poderem passar tempo de qualidade com os filhos e, claro, de modo a garantirem que estes não ficavam sozinhos em casa durante o verão todo.
Entretanto, parece-nos pertinente que se repensasse um pouco a filosofia destas iniciativas e que se pudesse alargar o seu período de vigência.
Curiosamente, todas as iniciativas deste género que decorrem no Faial, realizam-se no mês de julho, e a verdade é que nem todos os pais conseguem conciliar as férias para o mês de agosto…
Será que não se justificaria alargar estes campos de férias por dois meses?
Seria benéfico para todos! Pais e filhos e também para as organizações.
Foi bonito constatar que este ano surgiu um campo de férias diferente do habitual, referimo-nos ao GeminArte. Uma mistura de atividades lúdicas com atividades pedagógicas, que permitiu às cerca de 30 crianças que o frequentam, um contato diferente com a natureza, com métodos de ensino alternativos e mesmo com modos de vida pouco convencionais no nosso meio.
Veio desmistificar, a nosso ver, algumas ideias mal concebidas que existiam no que diz respeito a estilos de vida como o vegetarianismo, ou mesmo, permitir aos miúdos um primeiro contato com a ioga que, ao contrário do que se pensa, não é apenas uma atividade de "estar parado".
No final, e daquilo que pudemos ver, os miúdos estavam todos agradados e com vontade de repetir a experiência, pelo que é importante que se salvaguarde, junto dos seus promotores, a continuidade deste campo de férias.
Por outro lado, não podemos deixar de nos referirmos ao Clube Naval da Horta e ao seu programa Nautiférias que, há quase uma década, abre portas a que novas crianças experimentem um mês de atividades relacionadas com o mar.
Deste campo de férias têm surgido verdadeiros atletas que têm levado o nome do Clube e da nossa ilha pela Região fora e não só.
Este ano, também a CMH teve um papel mais assertivo neste campo, procurando dar uma "mãozinha" às juntas de freguesia que, a muito custo e com poucos recursos, proporcionam a título gratuito as Férias Fixes aos seus miúdos.
Em suma, louvemos todos aqueles que durante este mês de julho tomaram conta das nossas crianças e façamos votos para que alarguem estas iniciativas também ao mês de agosto.


Sem comentários: