MJS Freelancer

MJS Freelancer

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Olhar o DOP

O Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores tem desempenhado um papel fundamental é pertinente na história do Faial e dos Açores.
Trata-se de uma instituição de referência em Portugal ao nível da investigação científica, que depois de vários anos de indefinição se firmou no panorama internacional.
Conforme pudemos constatar na entrevista concedida por Helder Silva, o Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores tem desenvolvido projectos científicos de excelente qualidade, reconhecida internacionalmente, em áreas passíveis de cooperação no âmbito desta aliança de investigação transatlântica, nomeadamente ao nível da observação oceânica, gestão sustentável dos recursos e cartografia dos fundos marinhos.
É de destacar o projecto na área da observação oceânica, denominado Rede de Monitorização do Oceano e financiado pelo governo canadiano, no âmbito do qual o DOP-UAç desenvolve estudos de telemetria acústica de grandes pelágicos, bem como os diversos trabalhos de cartografia dos fundos marinhos em torno dos Açores, destinados à caracterização dos ambientes de grande profundidade e localização de ecossistemas marinhos vulneráveis. De destacar porque se trata de um dos muitos projetos que este departamento desenvolve em parceria com entidades internacionais.
Numa altura em que governantes, locais, regionais e mesmo nacionais e europeus usam o mar como bandeira de campanha, parece-nos que o facto de terem sido reduzidas as verbas para aquele departamento é preocupante.
A falta de verbas condiciona em muito a atividade dos cientistas do DOP, aliás, faz com que metade deles tenham que se ir embora.
É assim importante que as entidades oficiais olhem para o Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores, sobretudo agora que se fala na instalação da escola de marítimos no Faial com olhos de ver....

Os apoios não podem faltar, senão corremos o risco de ver grandes projetos irem por água abaixo... Passe o pleonasmo...

Sem comentários: