MJS Freelancer

MJS Freelancer

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Nascido do Magma


Nascido do Magma…
O novo romance de Ruben Rodrigues



“Desgrenhado e semi-nu um grupo de crianças, coberto de pó e caliça, chorava, convulsivamente, ao derredor de uma mulher, ainda jovem, que, petrificada, olhar esgazeado, perdido na imensidão do nada, sentada sobre uma soleira de basalto, comprimia, no seu colo e contra o peito, uma criança de uns cinco anos, inerte, sem vida, rosto e corpo ensanguentados, fazendo lembrar, na angústia do quadro envolvente, a Pietá de Miguel Ângelo”.


Na semana passada recebi com agrado a visita do Professor Ruben Rodrigues, amigo e personalidade que admiro veemente.


Vinha de sorriso rasgado e olhos tristes como lhe é apanágio há uns anos a esta parte. Não que seja uma pessoa carrancuda ou mal disposta, mas porque a vida lhe pregou uma partida que acompanhei quando calcorreava as escadas do velhinho e extinto Correio da Horta.


Iniciei estas lides do jornalismo há dez anos, pelas mestras mãos do professor Ruben Rodrigues... Já o disse antes, mas nunca é demais recordar e agradecer a quem de direito.


Tinha eu 17 anos quando vi um anúncio no Correio da Horta, o único vespertino da Ilha do Faial, a dizer "Gostas de acção? Temos um lugar de jornalista para te oferecer".... Infelizmente, as consequências do sismo de 9 de Julho tinham feito adiar o meu sonho de seguir o ensino superior e pensei porque não?!


Já conhecia a figura daquele homem que andava na biblioteca itinerante da Gulbenkian e que semanalmente que aconselhava sobre que livros ler.


Aos poucos fui me inteirando de como se faziam as notícias, reportagens e entrevistas, sempre com orientação do professor Ruben Rodrigues.


Se há dois anos triste fiquei pelo Correio da Horta ter fechado as suas portas, igualmente triste fiquei quando este homem, o meu grande pilar e referência, abandonou a direcção jornal, anos antes.


Tenho nele uma grande admiração, pela forma como escreve, pela maneira humana como trata as pessoas, pelo sentido de oportunidade e pelo saber que todos estes anos lhe deram.

Receber das suas mãos o "Nascido do Magma", o seu mais recente romance, foi, sem dúvida, um grande presente de Natal.


Sabes que está a preparar mais duas obras deixa-me satisfeita e faço votos para que um dia, consiga voltar às lides jornalistícas.


O Faial só tem a ganhar em ter pessoas como o Professor Ruben Rodrigues. Um ícone de referência por tudo o que passa.


Obrigado!



1 comentário:

LB disse...

Curiosamente, foi também ele o meu primeiro professor de jornalismo, mas no velhinho liceu da Horta, onde ensinava a sua sabedoria de director de jornal (então, o Télegrafo) aos alunos do décimo ano. Foi nas suas aulas que descobri o rumo para a minha vida. Vai ser um prazer descobrir este seu "Nascido no Magma". Espero que esteja à venda por aí, para o apanhar nestas férias.